Anvisa faz interdição de lotes de produtos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta quarta-feira (30/11), no Diário Oficial da União, três interdições cautelares.
30 de novembro de 2011 | 10:24

        A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta quarta-feira (30/11), no Diário Oficial da União, três interdições cautelares.

 

O lote 0410 do produto Amendoim da marca Ipê, válido até 01/08/2012, produzido pela empresa Santa Rosa Atacado Ltda, localizada em São Sebastião do Paraíso (MG), foi interditado por conter quantidade de aflatoxina superior ao limite máximo tolerado.

 

Também foi interditado o lote fabricado em 27/06/2011, válido até seis meses, do produto Mariola de Banana, da marca Frutos da Terra, produzido pela empresa Silva e Venturim Ltda, localizada em Pena (MG). O consumo do produto representa risco à saúde do consumidor por conter corante artificial Bordeaux, contrariando a Resolução CNS/MS N° 04 de 24/11/1998.

 

Ainda foi interditado cautelarmente o lote fabricado em 20/02/2011 e válido até 20/02/2012 do produto Água Mineral Fluoretada Sem Gás, da marca Attiva, produzido por B Marini Mineradora-Me. O produto apresentou contagem de Pseudomonas Aeruginosa acima do limite permitido.

A interdição cautelar vale pelo período de 90 dias após a data de publicação no Diário Oficial da União. Durante esse tempo, o produto interditado não deve ser consumido e nem comercializado.

 

 

Fernanda Brito – Imprensa/Anvisa

November 30, 2011

Por: Anvisa

Fonte: 30 de novembro de 2011 10:17

Pesquisar Tags:

ANVISA, interdições cautelares, DOU, amendoim, aflotoxina, Ipê, mariola de banana, Fruto da Terra, Água Mineral Sem Gás


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário
  • Coluna Do Editor

    ...e aqui estamos nós, em 2017!

    Leticia Evelyn Oliva-Cowell
    23 de janeiro de 2017 01:25
    Industria de Alimentos em 2017, nós estaremos acompanhando.