Avicultura brasileira comemora autorização oficial de rótulo sobre não uso de hormônios

Segundo o presidente da UBABEF, Francisco Turra, o próprio Mapa reconheceu a importância de esclarecer o público sobre a não utilização de hormônios na criação de frango, um dos mitos mais antigos e persistentes no setor.
Ilustração
Ilustração
5 de fevereiro de 2014 | 15:06

A União Brasileira de Avicultura (UBABEF) comemorou a autorização oficial feita nesta terça-feira (4) pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (DIPOA/MAPA) para as agroindústrias avícolas fiscalizadas pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF) utilizarem nos rótulos a mensagem “sem uso de hormônio, como estabelece a legislação brasileira”.

Segundo o presidente da UBABEF, Francisco Turra, o próprio Mapa reconheceu a importância de esclarecer o público sobre a não utilização de hormônios na criação de frango, um dos mitos mais antigos e persistentes no setor.

“Muitos profissionais da área da saúde equivocadamente acreditam...de que são utilizados hormônios na criação de frangos. O MAPA está conosco na luta para esclarecer o público. O próprio ministro Antônio Andrade se empenhou diretamente pela autorização e fez questão de nos ligar para tratar sobre o tema, ciente de que isso é um benefício ao consumidor”, destaca.

Pesquisas mostram que a seleção genética é responsável por 90% da eficiência no ganho de peso. As evoluções nas áreas da genética, da nutrição, ambiência e cuidado sanitário resultam em uma ave que requer 1/3 do tempo e 1/3 do total de alimento que requeria uma ave produzida na década de 1950, por exemplo.

Para atestar a ausência de adição de hormônios na criação, o Ministério da Agricultura realiza milhares de análises sobre a ocorrência de resíduos nos produtos de empresas avícolas cadastradas no SIF, por meio do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC).

“Nesse sentido, a utilização da mensagem nos rótulos e também na publicidade ajudará os mais variados públicos a compreenderem que utilização de hormônios em frangos nada mais é que uma mentira para tentar explicar, de maneira equivocada, a fantástica eficiência produtiva que atingimos nas últimas décadas”, enfatiza.

Fonte: Ubabef em 5 de fevereiro de 2014 15:00

Pesquisar Tags:

Ubabef, rótulos. sem hormônio, legislação brasileira, saúde, frangos, Mapa


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário
  • Coluna Do Editor

    ...e aqui estamos nós, em 2017!

    Leticia Evelyn Oliva-Cowell
    23 de janeiro de 2017 01:25
    Industria de Alimentos em 2017, nós estaremos acompanhando.