Venda do leite desnatado da Elegê é liberada em todo o Rio

Nesta quinta-feira, o Procon-RJ recebeu da BRF, empresa dona da marca, os laudos técnicos de laboratório autorizado pelo Ministério da Agricultura que faltavam sobre o leite desnatado
28 de março de 2014 | 07:05

Como as alterações de cor, cheiro e sabor se restringiram aos produtos fabricados em 31 de dezembro de 2013, 8 de janeiro e 14 de janeiro de 2014, os leites produzidos em outros dias estão liberados para venda e consumo. A comercialização ficou condicionada à publicação de anúncio em veículos de grande circulação, o que está acontecendo hoje.
Além de pedir desculpas à população pelo transtorno causado, o anúncio reforça a informação de que o consumidor pode fazer a troca de caixas dos leites com códigos CDSA 16:53 3, CDNZ 23:55 3 e CDVP 06:09 3, mesmo que não tenha mais a nota fiscal.
Os leites Elegê semidesnatado e integral voltaram a ser vendidos na terça-feira passada, após a BRF mostrar ao Procon-RJ que o teor de gordura presente nesses dois tipos não permite a alteração das características do alimento, como acontece no caso do leite desnatado.
Desnatado: Os supermercados Extra, Guanabara, Prezunic e Mundial estão facilitando a vida dos consumidores, fazendo a troca de qualquer leite Elegê desnatado, sem a necessidade de nota fiscal. O Procon-RJ, porém, lembra que a troca do leite Elegê fora dos três lotes que apresentaram problemas não é obrigatória. Nesse caso, o supermercado poderá exigir o comprovante de compra.
Integral e semi: Como os leites integral e semidesnatado Elegê não apresentaram problema, a troca não é obrigatória. Mas as grandes redes estão aceitando a devolução, desde que o cliente apresente a nota fiscal. O prazo para devolução obedece à política de troca de cada estabelecimento.
Vale-compra: Os produtos devolvidos no Extra, no Guanabara, no Prezunic e no Mundial podem ser trocados por vales-compra, que devem ser utilizados no mesmo dia para adquirir qualquer mercadoria.
Dúvidas: Quem tiver dúvidas relacionadas aos lotes suspensos ou problemas na hora de fazer a troca pode entrar em contato com o Procon-RJ (151), o Procon Carioca (1746) ou o SAC da BRF (0800-512-198).
 

Fonte: Jornal Extra- Online em 27 de março de 2014 07:02

Pesquisar Tags:

Elegê, Rio de Janeiro, comercialização, Leite desnatado, Procon RJ


Permalink |

Comentários

Deixe um comentário